quarta-feira, 4 de maio de 2016

Quando você subir

Os limites estão dentro
de cada um de nós!
E,
quase sempre
refletem o momento
que estamos vivendo.
Quando atribulados
pelos problemas que
parecem não ter fim,
nos sentimos pequenos,
perdidos e em completo
sofrimento.

Quando subimos em
um prédio muito alto,
ao olharmos para baixo,
mal vemos o asfalto.
Tudo fica pequeno,
as vezes difícil
de reconhecer.

Assim são nosso
problemas,
quando olhados
do mais alto.
Ficam pequenos,
mais fáceis de
se vencer.

No nosso caso,
o prédio alto é o
"otimismo",
o "elevador" a "alegria",
que tudo contagia.

E onde arrumar
alegria em tantas
decepções?

De novo,
ela está dentro de
cada um de nós,
as vezes forçada a
ficar quieta e
escondida,
de tantos
pensamentos negativos,
a alma fica retraída.

Olhe para qualquer
coisa boa na sua vida.
Mire-se num tempo
já vivido onde
você sorria.
Pegue isso como
se fosse a sua
verdadeira fotografia.
E desarme a tristeza
e a melancolia.

Se tudo parece acabado
e sem fim,
ao dormir com bons
pensamentos e
vontade de mudar,
o dia vai nascer e
será muito bem-vindo,
pois quem
te esperava triste,
vai te encontrar
sorrindo.

E com alegria
e boa disposição,
o céu se abre,
e derrama sobre
você bênçãos sem fim,
sem medidas,
sem contagem,
sem miséria.

Porquê Deus é
abundância,
riqueza e brilho,
e ao te ver sorrindo,
te chama
carinhosamente
de filho!

Que assim seja!

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 06 de Maio de 2.016.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos
há 22 anos.

Nenhum comentário: