domingo, 31 de julho de 2016

Quem te deixa com raiva te domina...

Quem te deixa com
raiva te domina!
Pense bem,
é ou não é verdade?

Quando algo não
aconteceu como
queríamos ou alguém
não responde
como esperamos,
quando o comportamento
de uma pessoa nos
incomoda ou o que
ela diz nos chateou,
costumamos expressar
aquilo que sentimos
com expressões
tais como,
“Você me chateou”,
“Você me deixou
com raiva”,
“Você me deixou
zangado…”

Se pararmos para
refletir sobre isso
e decidirmos aprofundar
a questão,
a tradução de
nossas mensagens
vem a ser algo como
“Você é o culpado
pela forma como
eu me sinto”,
“Você é o responsável
por eu me sentir assim”
ou “Você me prejudicou”,
ou seja,
eu estou mal
por sua culpa.

Se alguém nos deixa
com raiva,
é porque concedemos
a ela a permissão para
fazê-lo.
Reflita sobre isso.

Por isso podemos
nos ajudar pensando
que quando alguém
nos insulta ou faz
algo que não gostamos,
é como se estivesse
nos oferecendo
um presente.

Se não aceitarmos,
o presente continuará
sendo da pessoa,
enquanto que
se o aceitarmos,
o abrigaremos.

No último caso,
a decisão será
nossa.

Assim,
os insultos,
as provocações
ou até mesmo as
ações dos outros,
são como estes
presentes,
que nós temos a
opção de aceitar ou não;
por isso não podemos
culpar ninguém por
nossas decisões,
podemos apenas nos
responsabilizarmos
por nossas atitudes
e escolhas.

Além disso,
precisamos ter em
conta que o choque
de expectativas que
criamos em relação
à realidade também
 pode ser a causa da
nossa raiva,
pois as coisas nem
sempre acontecem
como gostaríamos.

Não podemos controlar
as circunstâncias e
nem mesmo as pessoas,
mas podemos
controlar nossa
resposta.

Por isso não podemos
mudar o que alguém
diz sobre nós,
ou o que ela faz e
nos deixa com raiva,
mas com certeza
podemos mudar a
atitude com a qual
enfrentamos a vida.

TEXTO DE: Adaptado de Carl Rogers
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 03 de Agosto de 2.016.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos
há 22 anos.

Nenhum comentário: