domingo, 4 de setembro de 2016

SETE DE SETEMBRO, DIA DA REFLEXÃO

Hoje,
sete de setembro
de 2016,
dia da pátria,
dia da independência,
dia em que se
comemora a liberdade.

Que liberdade?

Liberdade essa que
continua ausente
neste país de
dimensões continentais,
rico em minérios
preciosos, petróleo,
sem terremotos,
sem grandes
variações climáticas,
com terras férteis,
povo ordeiro e
trabalhador.

Este povo ainda
é escravo,
tolhido de liberdade,
pois, uma maioria
de mais de 70%
deste povo que vive
sem direito a uma
educação e assistência
médica digna,
além de outros
direitos básicos
cada vez mais
precários.

Viver sem estes
direitos é viver
sem liberdade.

Este povo é roubado
a cada governante
eleito não importa
se por um erudito
sociólogo ou por um
semi analfabeto.
A verdade é que a
maioria dos políticos
são demagogos e
coniventes com a
corrupção.

A liberdade
virá um dia,
mais cedo ou
mais tarde,
mas, virá.

Aí,
sim poderemos
ir as ruas e
comemoraremos
por um país livre
com justiça social
e livre de dirigentes
ineptos ou
corruptos.

Sonhar,
sonhar e sonhar,
sempre,
esta é a chama que
mantém vivo o
direito de lutar
pela liberdade,
sempre.

TEXTO DE: Eduardo Leite
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 07 de Setembro de 2.016.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos
há 22 anos.

Nenhum comentário: