domingo, 4 de dezembro de 2016

NEM SEMPRE

Nem sempre aguentamos,
nem sempre suportamos.

Suportamos até onde dá,
até onde nosso
coração permite,
até onde ele aguenta,
mas hora ou
outra desabamos.

Afinal não somos
obrigados
a aguentar sempre,
é normal,
somos todos
frágeis tentando passar
uma imagem de
“forte”.

Muitas vezes não
demonstramos o que
sentimos e seguramos
nossos sentimentos
para os outros
não perceberem e eles
acabam se acumulando,
se amontoando e
no final acabam
transbordando por
nossos olhos.

E está tudo bem,
não tem nada de
errado em desabar
de vez em quando,
nosso coração
não é obrigado a
suportar tanto,
e os sentimentos
precisam desmoronar
para se
estabilizar novamente.

Então coloca tudo
para fora,
desacumula,
desamontoa
e se livra desse
excesso de sentimento,
afinal tudo que é
em excesso nunca
fez bem para ninguém.

E lembre-se que
toda barragem
tem seu limite,
então não espere
estourar o limite
do seu coração
e descarrega,
desabafa, demonstra,
seja no chuveiro,
antes de dormir ou
no colo de alguém,
mas não deixe os
sentimentos ruins
ocuparem o espaço
dos sentimentos bons.

Se livra desse excesso
de bagagem indesejável,
e de agora para frente
só carregue o que faz
bem para o coração.

TEXTO DE: Bárbara Flores
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 06 de Dezembro de 2.016.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos
há 22 anos.

Nenhum comentário: