quarta-feira, 26 de julho de 2017

Que a gente esteja cercado de amor...

Amor, esse sentimento tão nobre que deixa a alma colorida, o coração em paz e a cabeça nas nuvens. Tão discreto e tão transformador.

Que a gente tenha amor pela nossa família, seja lá o formato que ela tiver: mãe, pai e avós; mãe e filho; marido e cachorro; marido, filhos e passarinho; esposa, sogra, criança e tartaruga; tios, primos e irmãos; sobrinhos, afilhados, netos e enteados; madrasta, padrasto, pais adotivos, mães de coração. Que aos domingos a gente possa se reunir com essas pessoas para comer uma bela macarronada, falar sobre a vida, contar sobre a nossa semana, celebrar nossos planos, dar um ombro amigo, receber um colo com cafuné.

Que a gente tenha amor pelos nossos amigos, parceiros de jornada, que estão perto ou distantes. Que aos sábados a gente possa se encontrar com eles para pegar um cineminha, dar uma volta na cidade ou ficar em casa, dando risadas, compartilhando histórias, jogando conversa fora, dando conselhos, recebendo conforto.

Que a gente tenha amor pelo nosso trabalho. Que as segundas-feiras sejam começos deliciosos de semana, para a gente aprender sobre a nossa profissão, ajudar ao próximo e executar nossas funções com brilho no olho. Que a gente tenha uma rotina de trabalho que faça sentido.

Que a gente tenha amor pela natureza. Que dias comuns sejam vistos como uma obra de arte do universo: o céu azul, uma criança brincando na rua, um cachorro passeando livremente. Que a gente possa perceber a grandiosidade nessas pequenas coisas - mais um dia, o sol brilhou no céu.

Que a gente tenha amor no nosso relacionamento: namoro, casamento, noivado, aberto. Que a gente admire a pessoa que está ao nosso lado, que tenha carinho, afeto e companheirismo sempre, em dias especiais ou em meio a rotina.

Que a gente tenha amor pelos lugares onde a gente passar. Pode ser o caminho para o trabalho, uma cidade nova, o nosso bairro, a padaria onde a gente toma aquele cafezinho, a escola do nosso filho, não importa: o importante é perceber a diferença que esses lugares fazem na nossa vida, e construir laços por ali, nem que seja apenas com um sorriso, um "bom dia" ou um "muito obrigada".

Amor, amor, amor. Que a gente esteja cercado de amor, para espalhar o bem e estar sempre em sintonia com energias cada vez melhores.

TEXTO DE: Paloma Carvalhar
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 27 de Julho de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

Nenhum comentário: