quarta-feira, 12 de julho de 2017

Todos nós passamos por problemas, mas tenha certeza de que tudo se ajeita.

Todos nós passamos por problemas, mas tenha certeza de que tudo se ajeita. Acredite e continue sua tarefa de melhorar. Quem não passa por problemas, dificuldades. Quem não tem uma história pra contar. Seja ela Feliz, triste, interessante, surpreendente.

Eu parei pra refletir um pouco. Sentei-me e pensei: Quero me esquecer de tudo por um tempo se a mente permitir. Quero me desligar um pouco dos meus problemas, quero aprender a viver melhor e com mais condições de harmonia em meu interior.

Eu vi que meu caminho tem uma longa trajetória de erros e acertos, fatos que sucederam e me fizeram crescer, muitas vezes na marra.

Eu sempre fui uma pessoa que se apaixonou pelo intenso, que sempre quis de verdade encontrar alguém que não fosse como eu, mas que fosse de coração sincero, e que soubesse chegar sem querer desmanchar a estrutura que fui construindo, aos poucos, aqui dentro.

Eu sofri por amor, assim como tantos outros. Eu vivi dentro da caixa por um tempo, eu me fechei depois de achar que ninguém mais deveria ser confiável.

Hoje, ainda continuo na defensiva, depois de ver como o mundo lá fora machuca, como as pessoas continuam indispostas e sem vontade de proteger, amparar e segurar, de verdade, o coração do outro.

Muitas vezes, nossas histórias se confundem, pois são muito parecidas e cada um cuida de si como pode. Cada um foi viver à sua maneira. Deixando o tempo passar, deixando as dores mais brandas e vendo novamente o sol despontar no horizonte de luz.

Muitos encontraram novos amores, outros já preferiram um tempo de maior solidão interior. Só não queiram remexer nas minhas feridas, porque eu não mexo nas de ninguém. E respeito cada um, como deve ser.

Fui aprendendo a tomar conta da minha vida que, de tão preciosa e rara, deixo entregue à Deus.

Eu sei que temos nosso tempo com Ele aqui, por isso eu não lamento. Por vezes, brigo comigo, falo sozinha, ando pela casa e respondo as próprias perguntas. Penso: Por onde andará aquele tempo em que eu fui mais radiante e deixei o brilho no olhar falar mais alto?

A resposta? Está dentro de mim. Dentro da maneira de reerguer e continuar buscando sonhos e colhendo felicidade.

Só que nessa vida o certo faz parte do incerto. O cotidiano muda dentro de um segundo, assim como as intercorrências no meio do caminho.

Muitas vezes eu pensei: Salve-se, cuide-se, alimente seu espírito e faça suas preces em nome da sua paz desejando que cada um seja feliz a seu modo. Mas, que também me deixem viver!

Aqui dentro o único interesse que tenho é o de manter minha alma mais elevada e deixar pra lá o que não coube mais no meu espaço interno.

Acho que somos importantes demais para nos anularmos por quem nos prejudicou um dia, por quem só nos serviu de ponte para nos aproximarmos mais de nossos próprios sentimentos.

Tudo é questão de aprendizado e sabedoria, pois os sábios são aqueles que, mesmo em silêncio nos olham e nos mostram o caminho para o próprio eu, sem nos rebaixar ou nos colocar à deriva.

Experimente a sensação de todos os dias agradecer e crer que hoje pode dar muito certo e que cada um possui sua aura própria.

Quem se acovarda e vai embora, não merece ficar mesmo em nossa vida. Porque é preciso coragem para muitas coisas, inclusive para amar. Amor não é rota de fuga, não é sair e bater a porta na cara de outra pessoa, sem dizer nada. Não é deixar o coração do outro jogado à própria sorte como quem não está nem aí com sua vida.

Creia, você merece coisa melhor, assim como o seu melhor pode desvendar coisas tão intensas e maravilhosas, que você nem percebeu, enquanto se ocupava com quem não lhe sabia.

Todos nós passamos por problemas e vamos buscando nossas soluções.

Seja no Amor, dentro de nós mesmos. Tenha certeza de que tudo se ajeita. Acredite e continue sua tarefa de melhorar, estudando melhor a cartilha da vida.

TEXTO DE: Sil Guidorizzi 
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 14 de Julho de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

Um comentário:

Sil Guidorizzi disse...

Obrigada por divulgar meu texto!

Bom dia e gratidão!