segunda-feira, 8 de março de 2010

PONTES CAÍDAS

"O ouvido que escuta
a advertência da vida terá a
sua moradaentre os sábios"
(Provérbios 15:31).

Há alguns anos atrás,
um certo jornal trazia uma
história de um motorista
de caminhão.

Em uma noite nebulosa
ele mergulhou com seu
veículo no rio,
caindo em um penhasco
onde deveria haver uma ponte
bem familiar para ele.

Milagrosamente salvo,
sem ferimentos graves,
o caminhoneiro saiu dos
destroços e se arrastou pelo
desfiladeiro acima,
até a estrada.

Freneticamente ele agitava
seus braços tentando avisar
aos outros motoristas sobre
a queda da ponte.

"A ponte caiu, volte!"

A maioria dos motoristas,
naquela noite de tráfego escasso,
ignorou seus apelos
considerando-o um louco,
para seu próprio mal.

Isso acontece com frequência
nos dias atuais.

Aqueles que já experimentaram
as armadilhas deste mundo,
conhecem as direções
erradas que nele existem.

Mas suas advertências
são ignoradas e seus avisos
são ridicularizados.
São chamados de arrogantes
por esforçar-se em
mostrar o caminho certo.

Mas não devemos
desanimar nunca.
Cabe a nós deixar Deus
usar-nos para advertir aos
caminhantes desta vida sobre
os perigos das pontes caídas.

Mesmo que alguns
não nos ouçam,
certamente muitos ouvirão
e se salvarão.

Quando o homem teima
em seguir
seus próprios caminhos,
sem se importar com
os avisos de perigo,
pode cair logo adiante
e nem sempre conseguirá
se levantar para recomeçar
sua jornada.

Deus nos adverte
constantemente sobre as
"pontes caídas"
que nos farão mergulhar
nos rios de aflição
e angústia.

Ele sempre envia
alguém para nos alertar e,
se não estivermos sensíveis
aos Seus sinais,
poderemos perder grandes
momentos de alegria
e regozijo que Ele
nos tempreparado.

Você está certo de que
o caminho que segue tem
uma ponte para conduzir
sua vida até à
verdadeira felicidade?

TEXTO: Paulo Roberto Barbosa.
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 12 de Março de 2.010.

Nenhum comentário: